terça-feira, 3 de janeiro de 2012

JJ e o botão basófia de novo em "on". (E Sr. LFV, não havia necessidade)

JJ tem muitos méritos desde que chegou à Luz. Devolveu o entusiasmo e a paixão ao redor da equipa. Proporcionou alguns dos mais inesquecíveis momentos dos últimos 15/20 anos. Moldou alguns dos melhores jogadores da nossa História recente e à custa da sua capacidade como treinador, o Benfica fez as melhores (e, exceptuando Simão, as únicas dignas de nota) vendas do consulado de LFV, viabilizando em muito o "projecto" do presidente encarnado.
Mas não podemos escamotear os aspectos menos positivos do nosso técnico e que podem e devem ser corrigidos, sob pena deste se tornar num sitting duck para os críticos e adversários! E sejamos honestos: quantos de nós o criticámos quando treinava o SC Braga aka Porto B? E mesmo no SLB, JJ já foi alvo de reparos, sobretudo ao nível da sua desregrada verborreia e teimosias.
Ontem, não gostei de ouvir a sua opinião sobre o estudo que o Governo está a efectuar no que concerne à limitação dos estrangeiros, bem como a comparação ao Valência, ao dizer que o português está muito à frente porque descobre estrangeiros a baixo custo. Mais: afirma que somos formadores de portugueses e estrangeiros. O estudo visa a protecção do futebolista português! Mesmo em Espanha, onde há liberdade de adquirir estrangeiros, protege-se o atleta espanhol, as equipas possuem um vasto leque de futebolistas locais. Exemplo: o Barcelona, na última jornada alinhou com 5 espanhóis, o Real com outros tantos! E bem vemos como o futebol espanhol está (já agora o inglês). É só uma questão de mentalidade. E é isso que se tem de mudar. Nós somos apreciados pela nossa qualidade técnica e de luta, não há razão para os clubes, sobretudo o SLB, pelas condições que possui, continuarem nesta sangria no que toca ao jogador português! Não quero 11 portugueses de início, mas no país existe qualidade para termos 3/4 com regularidade a titulares!
JJ, mais uma vez, usou de alguma basófia para se exprimir, ao apelidar-se de visionário! A ele e ao nosso fuebol! Coisa que já vimos que não somos! Nada mesmo! Mais, deixaria uma pergunta ao nosso treinador: será que JJ tinha a mesma opinião se por caso nas equipas da 1ª Liga, em vez de assistirmos a 100% de treinadores portugueses, tivessemos só 2 ou 3?
Creio que foram palavras desproporcionadas à situação, numa reacção errada a um flagelo que atinge o nosso futebol, onde a curto prazo a Selecção irá sofrer e muito. Afirmar a inutilidade de um estudo que visa proteger mais o jogador português é errado e JJ sabe-o! Bem como também sabe que por lei só serão considerados estrangeiros os sul-americanos, ficando todo o mercado europeu comunitário em aberto! 
Por tudo isto, discordo em absoluto das palavras de JJ que, como treinador do maior clube português, tem responsabilidades que vão além do âmbito técnico! E vocês, concordam com o treinador? Ou comigo? O que acham desta possibilidade de se limitar os estrangeiros?  

PS: Não se percebe esta "amizade" do Benfica com o Braga... Ir treinar à Pedreira??

5 comentários:

  1. Acrescento mais uma coisa... Este tipo de comentários do JJ também serve para diminuir a motivação dos jovens Mika, David Simão, Nelson Oliveira, Ruben Pinto, etc, que desta forma vêem a titularidade como uma miragem. O JJ devia criar condições para estes jovens - que têm muito valor, porra - chegarem à titularidade, acho que este tipo de declarações tem o efeito contrário. http://weareslb.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Pois eu subscrevo 100% as declarações dele acerca do 'estudo do governo'.

    Em que outra actividade é que Portugal é a 7ª potencia do Mundo e 5ª Europeia? Nem na corrupção.

    Querem um campeonato só com Andrés Martins e Rubens Farias?

    Quanto à Pedreira já disse tudo no meu post... só falta perguntar: Havia água quente?

    ResponderEliminar
  3. Certo Carlos, mas convém protegermos o que é nosso! Mas e o que achas da pergunta que deixei a JJ? É isto que pretendo, o debate.

    ResponderEliminar
  4. Participe do Super Quiz, desafio 4:
    http://fcgols.blogspot.com/2011/12/super-quiz-desafio-4-bonus-epecial.html

    Como são dados os pontos:
    http://fcgols.blogspot.com/2011/12/super-quiz-primeiro-desafio-lancado.html

    O Super Quiz não distribui prêmios, é apenas para distração de nossos leitores.


    Bola Furada d'or, pior tombo de 2011:
    http://fcgols.blogspot.com/2012/01/bola-furada-dor-primeira-postagem-do.html

    ResponderEliminar
  5. Companheiro,

    Vamos esquecer que estamos a tratar de futebol (que ao contrário do que muitos pensam não é desporto é Industria):

    Não se protege o que é nosso impedindo o que vem de fora mas sim fazendo com que o que é nosso possa ser melhor. Ora isto faz com que num mundo aberto o equilibrio seja impossível e dou um exemplo simples:

    Até há uns anos não havia em Portugal uma industria (agricula) a produzir como deve de ser cerejas e foi durante muitos anos proibida a importação de cerejas para proteger a produção no Fundão. Com a liberalização, entraram cerejas em doses industriais vindas do exterior o que obrigou os nossos produtos a esmerarem-se e passado aquele impacto inicial descobrimos que afinal tínhamos a melhor cereja do mundo e hoje, se fores a um Hipermercado ou compras da importada ou da nossa custa uma fortuna pois quase toda a produção é para exportação.

    Voltemos ao futebol. Os Cristianos Ronaldos que produzirmos nunca farão mais que 1 ano nos seus clubes seniores... a menos que se proíba a saída como se proíbe a entrada.

    O que o hoje o Bitinho disse é bem verdade: O jogador português é, ao contrário do que a malta pensa, caríssimo.

    Abraço

    ResponderEliminar